Resenha: A casa das Orquídeas

sexta-feira, 24 de agosto de 2012




SinopseQuando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park... E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.




 
Minha resenha: A casa das Orquídeas é um romance surpreendente! Confesso que fiquei com preguiça de ler no começo, pois o livro tem nada mais nada menos do que 560 página. Dei pra percebe por que fiquei com preguiça de ler rsrs. Apesar disso eu o li, mesmo querendo largá-lo pela metade, vou explicar por que.

No livro e divido em duas histórias, que se completam e se encaixam no final. Pois bem, primeiro conhecemos Júlia que está vivendo um momento delicado de sua vida. Ela fica tão submersa nessa dor que mal consegue se alto permitir curar e viver novamente. Então ela vai visitar Wharton Park, uma antiga casa onde seu avô morava e trabalhou para a família como jardineiro por um bom tempo. Júlia passou sua infância ali, cercada pela beleza do lugar. Lá ela reencontra um coleguinha de infância o Kit, que agora virou proprietário de Wharton Park. Eles então passam a conviver mais juntos surgindo ali entre eles um sentimento novo.

Agora o livro nos leva para o passado, contado pela avó de Júlia, Elsie que trabalhou em Wharton Park no tempo em que se passa essa história. Ela nos conta um pouco mais sobre os antepassados de Kit, Harry Crawford. Essa história passa se no tempo da guerra, fazendo com que Harry vá lutar. Vendo que sua mãe iria ficar muito sozinha e triste ele decide se casar com a jovem Olivia. O casamento meio que foi uma saída para Harry não deixar sua mãe só.

Ai novamente entra Júlia na história, agora estávamos no presente. Alguns acontecimentos (que não posso revelar, pois vão estragar a história do livro rsrs), levam-na novamente a exercer seu maior dom, tocar piano. Ela o tinha evitado por que lhe trazia lembranças tristes. Quando a história dá essa reviravolta toda à gente pensa que nada mais vai acontecer, mais novamente o passado se faz presente e uni isso tudo tão bem.

A história é realmente surpreendente, eu particularmente gostei muito do livro. Principalmente da parte do passado. A riqueza dos detalhes e emocionante, às vezes eu achei que a escritora estava lá vendo toda a história e escrevendo o que acontecia.

Confesso que quando eu estava na metade do livro eu ficava me perguntando por que o livro era considerado um Best-seller, pois eu estava achando a história muito chata e monótona devido a Júlia ter um sofrimento muito grande. Mais sem sombra de duvidas o final e super surpreendente. Só ai eu descobrir o porquê do livro ser esse sucesso todo.

Eu alternei em odiar o livro, amar o livro, odiar o livro e me apaixonar pelo ele por completo. Então é isso, espero que tenham gostado da resenha.

Bjos....

P.S. Quase que me esqueço de falar sobre um detalhe maravilhoso rsrs, o qual eu me apaixonei mais ainda pelo livro. 

 
A capa se encaixa com a história, essa que a da frente, expressa a história do presente.

 
Enquanto essa, a do fundo, expressa o passado. 
 
Juro que fiquei encantada quando conseguir entender por que uma era colorida e a outa não. Isso só fez com que eu me apaixonasse cada vez mais pelo livro.
Beijos...

4 comentários:

  1. Oi Flor. Amei seu blog ele é muito fofo e com um conteúdo inovador! Já to seguindo aqui e, lhe espero lá no meu blog. Beijinhos! Ah, vou estar sempre aqui, rs.
    http://blogparisvie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por seguir aqui *-* Fico feliz que tenha gostado do meu blog.
      Já estou seguindo o seu tbm!

      Excluir
  2. Adorei a dica flor, adoro livros, nunca li este e nem tinha ouvido falar, a capa está linda né? =) Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sim, muito linda mesmo. Tenho certeza que se vc ler, não vai se arrepender. A história e increvelmente bela. *-*

      Excluir