Resenha: Felicidade Clandestina

quarta-feira, 26 de março de 2014




    Felicidade Clandestina - Clarice Lispector

Sinopse: Uma escritora decidida a desvendar as profundezas da alma. Essa é Clarice Lispector, que escolheu a literatura como bússola em sua busca pela essência humana.
Sua tentativa de transcender o cotidiano revela-se em personagens na iminência de um milagre, uma explosão ou uma singela descoberta. Todos suscetíveis aos acontecimentos do dia a dia. Vidas que se perdem e se encontram em labirintos formados por uma linguagem única, meticulosamente estruturada. E é por essa linguagem que Clarice Lispector constrói uma obra de caráter tão profundo quanto universal.


Ficha Técnica:
Autor: Clarice Lispector 
Título: Felicidade Clandestina
N° de páginas: 159
Editora: Rocco

Avaliação Final:  5/5   ♥♥♥♥♥


Minha Resenha: Quem nunca leu frases soltas da Clarice por ai? Quem nunca leu frases que ela não tinha feito mais que carregava seu nome? Meu primeiro contato com ela foi através dessas "frases soltas". Tamanha fora o meu encantamento que fiquei me roendo para ler mais e mais coisas dela. Porém, também vi muitas criticas a respeito de seus escritos, isso contribuiu para que eu ficasse receosa em ler alguma obra dela.

Felicidade Clandestina foi o meu primeiro contato verídico com a escritora. Lembro-me de ficar encantada com uma entrevista que ela deu pouco dias antes de morrer e foi ali que eu tive a constatação que eu de fato me tornaria mais do que uma fã, me tornei uma contempladora de sua complexa porém, esplendida forma de escrever.

Felicidade Clandestina é um livro de contos, onde temos um primeiro contato com um fato verídico de sua vida, quando nos deparamos com o conto que também leva o nome do livro Felicidade Clandestina.

"Não era mais uma menina com sue livro: era uma mulher com seu amante."            Pág.. 12

Confesso que alguns dos contos se tornou arrastado, Clarice faz uma reflexão profundo do ser e algumas vezes acabei meio perdida. Sem contar de fato, não consegui compreender o desfecho de um de seus contos, tenho lá minhas especulações mais não sei se consegui compreender a fundo.

O conto que mais amei foi Os Desastres de Sofia embora também me encantei com Perdoando Deus. Clarice tem uma religiosidade tocante, muito profundo. A forma despojada e tranquilo com que ela escreve nos deixa a vontade, íntimos.

O livro foi emprestadado, mais necessito adquirir um exemplar meu. Não tem como não desejar ler novamente.
Espero que tenham gostado.
Um super beijo.

22 comentários:

  1. Apesar de eu gostar muito de livros de contos, ainda não li este, na verdade ainda não li nada da autora. Esta capa tá uma fofura, vou dar uma procurada pra ver se acho no Estante Virtual.

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li ele emprestado, mas quero muito comprar um exemplar para mim. Assim, como também quero ler os outros livros dela.
      Beijos.

      Excluir
  2. Nossa parece ser fantástico <3
    Eu quero ler uma obra dela, mas primeiro preciso aprender mais sobre ela e ler muitas resenhas, acho que ela não é igual os outros, e eu adoro isso.
    Amei a resenha <3

    XOXO :D
    Joven Clube | Clique aqui :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente M. Campanello, ela não é igual aos outros escritores. Lhe aconselho sima ler mais sobre ela antes de encarar de fato um dos livros dela, pelo menos até ficar familiarizado com o fato dela usar muito a interiorização.
      Eu gostei do livro, mas confesso que tem certas coisas que eu não consegui compreender nem entender o verdadeiro sentido.
      Beijos.

      Excluir
  3. Oi,

    já li apenas o conto Felicidade Clandestina e confesso que não tenho vontade de ler o livro ou mesmo outras obras da Clarice. Sei lá, nós duas não temos muito a ver... O modo como ela escreve não me conquista! Ótima resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana. Realmente a Clarice tem uma forma bem peculiar de escrever, não é todos que conseguem uma ligação com essa forma de escrita. Eu mesma senti dificuldade em compreender alguns dos contos.
      Beijos.

      Excluir
  4. Este livro dela é novo para mim, mas fiquei muito curiosa e quero ler.

    Beijos!
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nada dela (A não ser as frases soltas por aí haha), porém tenho bastante curiosidade em ler algo dela, vou anotar sua dica :) Adorei o título do livro ^^

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, espero que leia em breve.
      Beijos.

      Excluir
  6. Oi Dany!
    Eu sou exatamente assim, só li frases soltas da Clarice, mas nunca li um conto nem um livro inteiro. Agora preciso ler!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, espero que gostei bastante.
      Beijos.

      Excluir
  7. Já li alguns textos soltos da Clarisse , mas livro mesmo ainda não tive a oportuinidade de ler. Mesmo não conhecendo suas obras sou uma grande admiradora, esses tempinhos fiz umas pesquisas sobre a vida dela e achei simplesmente incrível. Como gosto muito de contos, vou anotar essa dica aí.

    Beijos
    Que nerdisse Alice!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi o primeiro livro dela que eu li na integra, eté então também só tinha lido frases soltas.
      Confesso que gostei bastante e pretendo ler mais e mais livros dela.
      Beijos.

      Excluir
  8. Olá Dany! Eu amo Clarice, mas pelas frases soltas e entrevistas que leio dela na internet...minha história co a escritora é bem parecida com a sua. kkk Eu ainda não li nada dela, mas quero muito. Esse livro parece interessante, apesar dos trechos arrastados.
    Bloody Kisses
    Monólogo de Julieta
    P.s.: Desculpe a demora em responder. Fiquei sem internet. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero pode ler mais livros dela, mesmo sendo um pouco arrastado tem uma coisa que me fascina, que me prende.
      Espero que leia.
      Beijos.

      Excluir
  9. Li muito Clarice na adolescência, amava pegar livros dela na biblioteca e ler, já depois de adulta não reli nada.

    Reflexões muito profundas realmente podem ser arrastadas para alguns leitores, mas adoro.

    Adorei a dica.

    Beijos
    Fê - Leitora Incomum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, fiquei admirada realmente com essa forma dela escrever profundamente.
      Mais vale a pena, mesmo que se torne arrasta em algumas partes.
      Beijos.

      Excluir
  10. Respostas
    1. São contos Melissa, e alguns são autobiográficos. Está mais do que recomendado.
      Beijos *-*

      Excluir