Resenha: Suplício e Desencanto

quinta-feira, 6 de março de 2014



Suplício e Desencanto 

Sinopse: Neste romance extraordinário Sandra e José vivem um grande amor. Separados pelos adultos, quando ainda adolescentes, seguem destinos diferentes e sofrem terríveis suplícios durante muitos anos, quando então, completamente desencantados com as pessoas, retornam ao campo, de onde jamais deveriam ter saído. Com o reencontro casual, embora violentados, sentem-se felizes. 
Uma história cheia de amor, sofrimento expectativas.










Ficha Técnica:
Autor: Antônio Baptista
Título: Suplício e Desencanto
N° de páginas: 140
Editora: Não foi especificada
Avaliação Final:  5/5   ♥♥♥♥♥

Minha Resenha: Li esse livro há muito tempo, porém nunca tinha esquecido ele. Tanto é que resolvi arrumar os livros da minha mãe a fim de encontrá-lo. Tal qual foi minha surpresa em achá-lo. Eu lembrava vagamente da história, mais uma coisa não me saia da cabeça, ele era bom e eu tinha que encontrá-lo para reler.

Pois bem, achei e o devorei em dois dias, fui novamente atrás dos livros da minha mãe porque sabia que tinha visto outro do mesmo autor perdido por lá. Achei, agora irei ler ele o quanto antes. Antônio Baptista era desconhecido para mim até então, como também não achei esse livro no Skoob, apenas para ser vendido em sebos, porém sem foto. Ou seja, achei um mega escritor e pretendo ler os livros dele publicados. Devido a isso, creio eu que quase ninguém o conhece. Pois bem, agora irá conhecer um excepcional escritor. 

Suplício e Desencanto narra à história de Sandra e José, centrado principalmente na vida dele, que perdeu a mãe muito novo com sete anos de idade e devido a isso sua irmã o levou para sua casa a fim de cuidar dele já que o pai não tinha condições. A vida na roça não é fácil, nem sempre se tem trabalho e devido a isso eles vivem passado fome.

O livro nos mostra um retrato da realidade cruel, verdadeiramente. José embora sendo ainda criança tem que perde toda a sua fragilidade e trabalhar tanto ou mais do que um adulto para “pagar” o que come, já que mora de favor com a irmã e o marido não aceita ter que sustentar mais um.

José sofre muito, além de ser rejeitado por quase todo mundo, ele não deixa de ser um bom trabalhador, se esforçado bastante para se manter vivo. Todos os infortúnios que ele passa encobre sua minitude, pelo menos eu o vi como homem em vários episódios fui surpreendida por ter a constatação que ele pouco cresceu e já sofreu tanto.

Sandra foi seu primeiro amor. Um amor inocente entre os adolescentes que crescia, porém foram separados um do outro e Sandra e José passaram por seus traumas e sofrimentos longe um do outro.

Confesso que diversas vezes tive que respirar fundo, tamanha fora as mazelas que ambos passaram. Peguei-me diversas vezes imaginando como eles conseguiram sobreviver, acho que foi devido a sua vida sofrida no campo, endureceu a carcaça e tudo o que passaram não causou um estrago tão grande.

Ambos carregam cicatrizes que nunca irão desaparecer. Um relato tão verídico que me vi diversas vezes de mãos atadas querendo ajudar mas sabendo que não despunha de recursos para isso.


Suplício e Desencanto e para mim mais do que um livro, é uma lição de vida. Uma história única que merece ser apreciada.

Espero que tenham gostado.
Beijos.

8 comentários:

  1. Oi, Dany! :) Pois é, eu procurei e não achei uma sinopse nem mesmo no Skoob. Eu gostei da capa e o título aguça a curiosidade. Nunca ouvi falar no livro.
    Fiquei com vontade de ler, viu? Quem sabe eu não acho um exemplar na biblioteca? Vou procurar. Nem imaginava que fosse autobiográfico. Você resenhou com tanta emoção, que deu quase pra sentir os sentimentos que permeiam o livro. Parabéns! :D

    Bjs ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado. O livro é uma obra prima, vale muito a pena ler e conferir.
      Espero que consiga achar para ler, tenho certeza que não vai se arrepender.
      Beijos.

      Excluir
  2. Aiii adorei! Não conhecia o livro mas a história parece bem marcante e emocionante!
    Quero ler
    Bloody Kisses
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Paloma, é muito marcante. Vale muito a pena ler.
      Beijos.

      Excluir
  3. Bom, nunca tinha ouvido falar desse livro e estou mesmo buscando uma leitura nesse estilo, então obrigada pelo post hahha. Ainda mais agora que não estou conseguindo ler muitos livros, esse tipo de livro mais pequeno é perfeito.
    Beijos.

    http://theuniverseofutopia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, o livro prende a gente de tal forma que nem notamos as folhas passando.
      Espero que leia e se surpreenda com a história.
      Beijos.

      Excluir
  4. Eu adorei a resenha! Confesso que nunca ouvi falar do livro, mas fiquei interessada! :) Tem post novo lá no Blog, já viu? Passa lá e comenta o que achou! Beijos <3 http://gostosdeadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado *-*
      Beijos.

      Excluir