Resenha: Dragão Vermelho

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015



SinopseDragão Vermelho é a história de um agente do FBI, especializado em serial killers. Ele entra em colapso após a caçada a um psicopata extremamente perigoso. Mas seus serviços são novamente requisitados quando um serial killer começa a matar famílias inteiras, quebrando espelhos da casa e colocando os cacos diretamente nos olhos das vitímas. E para resolver esse caso, ele conta, a contra gosto, com a ajuda de um de seus maiores inimigos, o psiquiatra sociopata, o doutor Hannibal Lecter.


Ficha Técnica:
Autor: Thomas Harris
Título: Dragão Vermelho
Lido em PDF
Avaliação Final:  5/5   ♥♥♥♥♥
FAVORITO






Minha Resenha:  Após assistir a Silêncios dos Inocentes e fazer uma pequena pesquisa, descobri que o filme em questão tinha o livro e que o livro se tratava de uma série de romances de suspense tendo o mais famoso dos personagens, Hannibal Lecter. Creio eu que todos sabem quem ele é, o serial killer mais famoso de todos os tempos, conhecido também por Canibal. Tem o seriado de nome Hannibal. Alguns aspectos consegui achar no seriado, alguns pontos principais. Não cheguei a assistir a primeira temporada toda, porém pretendo concluir. 

Em Dragão Vermelho Will Graham é um agente do FBI e um dos melhores especialista em prender serial killers porque Wil tem um dom. Ele é capaz de assumir o ponto de vista das outras pessoas, com isso ele é capaz de descrever como o serial killer agiu. 
Imagem do filme
O que de certa forma o ajuda a prender quem comente crimes bárbaros também o deixa vulnerável, pois por pouco ele não foi morto por Hannibal. Depois desse ocorrido, Will se mudou e não trabalhava mais para o FBI até que surge um novo serial killer e seus serviços são requisitados. 

Esse novo serial killer recebe o apelido de Dentuço, para então só depois revogar seu verdadeiro nome Dragão Vermelho. É chamado de Dentuço porque ele deixou marcas de mordidas em suas vitimas, além de matar a família toda ele também quebra os espelhos pela casa. Meticuloso ele não deixa rastros e não tem como conseguir ser pego.

O livro é muito bem escrito, os detalhes bem elaborados tanto nas partes de investigações quanto na construção dos personagens.  Que foi o que mais me deixou fascinada.

Imagens do Filme
Francis Dolarhyde tem sua história de vida conturbada, cheguei a sentir empatia por ele. Bem inteligente, forte fisicamente, Dolarhyde é tímido e não tem amigos. O ponto crucial da história para mim foi conhecer esse lado dele, poder compreender pouco mais de forma abrangente como foi sua vida.


Fui surpreendida porque não conseguir imaginar o que aconteceria na página seguinte. Fiquei presa, fascinada e querendo mais.

Não sei bem porque, mas o tema em si chama muito minha atenção. Acho que devido a forma deles  - os serial killers -  enchergar o mundo de outra forma, com outras características. Isso em si já é bem interessante. 
Gostei bastante da história, da forma como foi contada, dos personagens. Por isso que pretendo ler os outros livros, até porque já assistir aos filmes.




Sobre o filme:  Dragão Vermelho  - 2002

Sinopse: Will Graham (Edward Norton) é um agente do FBI que por pouco não foi morto por Hannibal Lecter (Anthony Hopkins) quando tentava capturá-lo. Com Lecter já preso, Graham é obrigado a usar o psicopata como consultor para obter maiores informações sobre Francis Dolarhyde (Ralph Fiennes), um serial killer que tem deixado a cidade em pânico. Mas o que Graham não sabe é que ao mesmo tempo em que Lecter o auxilia em sua investigação também repassa ao próprio Dolarhyde informações sobre a família do policial que o persegue.



Minha Opinião: Alguns dos personagens apareceram bem como eu havia imaginado.  O Hannibal Lecter já tinha visto dos outros filmes e confesso que não poderiam ter escolhido ator melhor. Ele conseguiu transmitir o jeito que acho que Hannibal teria, sem passar emoção algumas, extremamente inteligente.
Francis Dolaryde

A diferença é que no filme a principio eles chamam Francis Dolarhyde de O Fada do Dente pra só depois ganhar o nome de Dragão Vermelho - revogado por ele mesmo. Os conflitos internos são amenizados, não sabemos nem um terço da metade de sua história. É compreensivo isso já que no filme não teria como colocar todos os detalhes. Mas ao mesmo tempo e ruim porque é através da história de vida de Francis Dolarhyde que conhecemos outro lado dele mais vulnerável e que mostra todo uma sequencia que desencadeou nesse comportamento dele.

Outro ponto também que deixou a desejar é o dom que Wil tem, aqui no filme ele é menos valorizado. A maioria das coisas não foi ele que descobriu sozinho como no livro.  O final também foi modificado, mas gostei igualmente tanto no filme quanto no livro - mais no livro.

De um modo geral o filme não é ruim. Gostei de ambos e agora pretendo ler os outros livros.
Recomendo que leiam ao livro primeiro, quem deixam se envolver com a história, que se surpreendam com os rumos que os acontecimentos irão tomar.
 Este é o primeiro filme da série. Logo mais estarei falando dos demais.
Espero que tenham gostado.
Um super beijo.

6 comentários:

  1. Que legal sua resenha vou comcerteza acompanhar o seu cantinho passei para conhecer o blog e retribuir o comentário
    fiquei feliz que vc lê romances de banca tbm eu adoroooo
    beijokas normes

    http://cantodadomino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada *-*
      Fico feliz que tinha gostado daqui. É uma das minhas paixões, sempre procuro ler romances de banca.
      Beijos.

      Excluir
  2. Eu não sabia que o livro fazia referência ao filme, Dany.
    E que ótimo saber que a obra é muito bem escrita e bem trabalhada nos detalhes.
    Canibal é fantástico. Estou até precisando assistir. O grande Hannibal.
    Adorei teu blog.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, o filme e baseado no livro, assim como os outros que tem o Hannibal.
      Estou já doida pra ler o próximo.
      Beijos.

      Excluir
  3. Oii, tudo bom?
    Não conhecia esse livro, me interessei bastante, gosto de livro que mostrem a visão de serial killers.
    Não sabia que Hanibbal foi baseado em um livro kk vou colocar na minha lista.
    Um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloque sim e leia o quanto antes. Achei fantástico poder ler a história pelo ponto de vista do serial killer, deixa tudo mais claro o enredo fica bem intercalado.
      Espero que leia logo, beijos.

      Excluir