Resenha: Fora de Mim

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Fora de Mim
Sinopse: Fora de Mim - Recém-separada de um casamento longo e pacífico, a protagonista se apaixona loucamente, embora não cegamente, por um outro homem, de personalidade conturbada, com quem vive uma intensa paixão. Consciente do mergulho, a mulher pressente que no fundo daquela relação só acabaria encontrando a escuridão da dor. Mesmo assim, dá o salto. E perde. A entrega é um vício sem saída.

Ficha Técnica:
Autor: Martha Medeiros
Título: Fora de Mim
N° de páginas: 131
Editora: Obejetiva
Avaliação Final: 3/5   ♥♥♥

Minha resenha: Tive uma pequena decepção ao pegar o livro nas mãos. Não imaginava que fosse tão pequeno e curtinho. Mas como o outro livro que eu li dela segue quase essa mesma linha – pequeno e com poucas páginas não me importei.

É o segundo livro da Martha Medeiros que leio, e nesse consegui encontrar os traços de autoajuda que muitos falam. Mesmo assim não me senti desanima, mesmo não tendo gostando tanto assim da história de Fora de Mim.

A história começa pelo fim do relacionamento, nos deparamos com a separação de um casal contada por ela. Que não tem nome, nem trejeitos físicos, mas em compensação um amor enorme e uma dor proporcional e consequentemente sobre toda a dor que essa mulher sente por perde o seu amor. O diferencial é a forma como foi escrito, contendo poucos pontos finais mais com muitas vírgulas, achei isso bem interessante. Deixa o sentimento da personagem mais intenso.

“Esse final de amor me roubou o juízo, eu era uma mulher de classe, uma mulher consciente, eu não perderia o chão desse jeito, eu já sofri outras vezes, mas sofria com mais discernimento, sem essa vertigem que faz parecer que a queda não tem fim e que não vou acorda tão cedo.”  pág.20

Ela conta os fatos que levaram a separação, depois a forma com se conheceram e depois como é a vida estando separados. Dá pra ter uma noção grande desse amor, dar de sentir o momento exato que levou a desencadear os fatos que se sucederam.

“Um fracasso novo é o mínimo que se espera de qualquer relação.”    Pág.38

Teve um fato em particular que foi inusitado, embora tenha achado que em certas partes só fez atenuar ainda mais esse sofrimento, porém nunca imaginei que uma coisa dessas poderia acontecer.

Talvez eu tenha achado ela chorona demais, talvez eu não tenha tido a percepção do tamanho do sofrimento dela, mas o livro é meio depressivo por conta desse grande sofrimento que ela despeja na gente.

“Será que em algum momento um amor deixa de ser nosso, mesmo tendo acabado para sempre?” pág.86

Não posso falar mais se não acabo contando tudo. Mais garanto, o livro é cheio de lindas passagens, sai marcando várias frases.

Espero que tenham gostado.

Um super beijo.

10 comentários:

  1. Sempre quis ler este livro de Martha Medeiros, mas ainda não li.

    www.livrosterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi indiquei uma tag para você lá no blog. http://prettywoman-on.blogspot.com.br/2015/11/tag-liebster-award.html

    ResponderExcluir
  3. Oiii

    Nunca li nada da autora, não me chamou muito atenção. Quem sabe depois que eu atualizar mais minhas leituras que tá só pela graça!

    Beijos!

    P.S: Houve algumas mudanças no meu blog, mudei nome, mudei a aparência… Tô numa fase de mudanças. The Nice Age agora é Devaneios de um Cindy, tornei algo mais pessoal. Vou fazer um post explicando tudinho, mas por enquanto tô na correria, ajeita aqui e ali.

    Cintia
    http://www.devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia, só li dela até agora dois mais pretendo ler outros.
      Por isso que eu procurei o blog com o nome antigo e não tinha encontrado, vou conferir a nova fase. Eu também modifiquei o nome do meu tem um tempo já, e espero que a mudança seja boa. Mudar sempre beneficia.
      Beijos.

      Excluir
  4. Ola,
    Tudo bom? Meu nome é Raquel Machado é te encontrei lá no blog Postando Trechos e vi que você se interessou pelo meu livro. Gostaria de te convidar a conhecer um pouco mais sobre a história e também avisar que ainda estou com parcerias em aberto, caso tenha interesse é só enviar um e-mail para raquel.machado2014@yahoo.com.br
    Beijos
    Raquel Machado
    Escritora Vingança Mortal
    leiturakriativa.blogspot.com.br/p/vinganca-mortal.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raquel, vou entrar em contato sim.
      Beijos.

      Excluir
  5. Eu não consigo ser muito fã de auto ajuda, sei lá tem uns que não me prendem a atenção!
    Pra me prender tem que ter uma história por trás igual essa :D
    Gostei da resenha!

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei bem se esse se enquadra em auto ajuda, mas todo mundo meio que fala que os escritos dela puxa pra esse lado, mas enfim, só lendo que você terá um intendimento melhor - não expliquei em né? rsrs
      A história é envolvente pela forma como a Martha escreve, por isso que recomendo a leitura.
      Beijos.

      Excluir